O abacate (Persea americana) é uma fruta da família das Lauraceae, da qual também fazem parte a canela e o louro. Estranho não? E se eu vos disser que o abacate é uma baga? Ainda parece mais estranho, mas sim cientificamente falando o abacate é uma baga.
Em Portugal encontram-se à venda 5 tipos diferentes de abacate: o abacate Hass que tem uma pele muito escura quase preta e rugosa com uma polpa muito amanteigada, e os abacates Fuerte, Reed, Bacon e Pinkerton, que têm uma pele verde mais lisa e que raramente escurece, com uma polpa menos cremosa e mais sólida.
A pele extremamente grossa do abacate protege-o dos pesticidas, tornando-o assim num dos poucos alimentos provenientes de agricultura convencional que são seguros para consumir.

Cremoso, amanteigado, rico, e saboroso o abacate é um super alimento muito versátil, que adiciona saúde e nutrição a qualquer prato. O abacate pode ser consumido cru e simples com apenas uma pitada de sal e pimenta, ou com uma pitada de canela e um fio de mel. Pode ainda ser consumido cru em saladas, fatiado ou barrado em sandes, em sopas, mas também pode ser cozinhado de várias formas: grelhado, assado no forno ou até panado.

O abacate é o único fruto que fornece uma quantidade substancial de ácidos gordos monoinsaturados, que por outras palavras significa gorduras saudáveis, como o anti-inflamatório ómega 3  e ainda é o único fruto a conter uma boa dose de proteínas.
Carregado com fibra e vitamina E anti-oxidante, um único abacate ainda contém uma boa dose de  vitamina K e potássio, que ajudam a fortalecer os sistema esquelético e muscular; folato que é a forma natural de ácido fólico essencial para as mamãs, e ainda vitamina B5, vitamina B6, e vitamina C.

Disponibilidade

Inverno, primavera, início de verão e outono.

Escolher e conservar

Um abacate ainda verde e duro conserva-se na fruteira durante vários dias, enquanto que um abacate maduro no ponto conserva-se apenas durante 1 ou 2 dias em temperatura ambiente. Os abacates maduros podem ser colocados no frigorífico até um máximo de 2 dias. Um abacate maduro deve ser macio ao toque, apresentar a bolinha interior verde e não deve ter manchas escuras nem cortes na pele. Para descobrir como escolher um abacate perfeito, espreitem este artigo que desvenda o segredo do estado de maturação do abacate. 

Preparação

Lavar o abacate e com uma faca afiada cortar o abacate longitudinalmente. Segurar as duas metades e torcê-los em direções opostas até que se separem. Retirar o caroço e a polpa com a uma colher de sopa.

Como cozinhar

Os abacates são habitualmente consumidos crus: simples, em saladas, em sandes e em sobremesas, mas também podem ser acrescentados crus a sopas e caldos para uma dose extra de cremosidade, proteínas e nutrientes. Os abacates também podem ser grelhados, assados no forno, fritos ou utilizados para substituir a manteiga em bolos.  

GRELHAR: 2 – 3 minutos
FRITAR: 3 – 5 minutos
ASSAR NO FORNO: 15 minutos

Copiar é feio! O conteúdo deste site está protegido!

Este site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência de utilização. Mais informações.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close