Um bolo verde detox

Já ouviram falar de sumos verdes certo? Os sumos verdes que agora estão tão na moda, também chamados sumos detox, são uma tendência no mundo da alimentação que muitas pessoas já experimentaram. E até mesmo aquelas pessoas que não gostam nada do sabor, continuam a beber os seus sumos verdes, cheios de super alimentos caros, que são importados do estrangeiro e ninguém sabe muito bem o que é que eles fazem nem.

Os sumos verdes são consumidos para desintoxicar o organismo de toxinas, e limpar o corpo e a alma de coisas más.
Num dia de “vamos lá ver o que tenho no frigorífico”, deparei-me com um grande molho de folhas de couve kale frisada, que eu adoro colocar nos meus sumos, e foi nesse dia que me inspirei nos sumos verdes para fazer um bolo verde. Mas será que um bolo verde tem o mesmo efeito detox que um sumo verde?

Verde só mesmo na cor

Se acham que este bolo verde é um bolo detox, e que só porque tem couve podem comer o bolo inteiro estão muito enganados. Este bolo de verde só tem mesmo a cor, porque não sabe a sumo verde, não sabe a couve, só sabe a bolinho de maçã muito saboroso. E a cobertura de mel e laranja, que mais parece doce de ovo, é uma maneira fantástica de decorar um bolo e de o tornar ainda mais docinho, mas também muito vitaminado.

Este bolo verde pode não ser um bolo detox, mas é um bolo rico fibra e em vitamina C, que com este tempo de chuva e frio é perfeito para prevenir gripes e constipações. Um bolo muito Di-Frent, que sugere uma maneira diferente para consumir couves, para desfrutar com um chá quente ou com um sumo verde detox.  

Bolo de couve kale frisada e maçã com cobertura de laranja e mel

4 pessoas | 1h  | Trabalho q.b.
COM OVOS | SEM GLÚTEN | SEM LACTOSE | SEM SOJA | SEM FRUTOS SECOS

INGREDIENTES

+ 200g de couve kale frisada
+ 2 maçãs raladas
+ 4 ovos
+ 250 g de farinha sem glúten + 1 colher de sopa de fermento sem glúten
+ 150 g de açúcar de cana integral, rapadura ou açúcar de coco
+ 175 g de óleo de coco refinado
+ 2 maçãs
+ 6 colheres de sopa de mel
+ 5 laranjas

INSTRUÇÕES

1. Lavar cerca de 10 a 15 folhas de couve kale frisada, retirar os talos grossos e cozer durante 4 a 5 minutos. Quando as folhas estiverem cozidas, escorrer muito bem, pesar 200 g, triturar com o processador de cozinha e reservar.
2. Separar as gemas das claras. Bater as gemas com o açúcar até ficar um creme esbranquiçado. Adicionar o óleo de coco amolecido e bater muito bem até ficar uma mistura homogénea.
3. Acrescentar a farinha e o fermento na massa, mexendo muito bem para bem incorporado na massa. De seguida adicionar a couve triturada e as 2 maçãs raladas e voltar a bater muito bem a massa. Por fim, adicionar as claras batidas em castelo e envolver delicadamente.
4. Untar uma forma com óleo de coco, polvilhar com farinha e levar a forno pré-aquecido a 180ºC durante 30 a 35 minutos ou até que um palito saia limpo.
5. Levar ao lume uma panela com as 2 maçãs restantes cortadas em pedaços, o sumo das 5 laranjas e o mel. Tapar e cozinhar durante 10 minutos. Passados os 10 minutos, destapar a panela e deixar caramelizar em lume médio durante 5 a 8 minutos. Retirar do lume, triturar bem com uma varinha mágica ou num processador de cozinha e reservar.
6. Quando o bolo estiver frio cobrir com a cobertura de maçã e servir.

Receita elaborada com ingredientes da Quinta da Pedra Branca

2

Copiar é feio! O conteúdo deste site está protegido!

Este site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência de utilização. Mais informações.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close