Uma sopa sofisticada

A sopa é das refeições mais polémicas de sempre. Há quem odeie, há quem adore, há quem defenda que se devem triturar os legumes todos, há quem prefira comer sopa com pedaços de legumes, há quem goste de sopa fria, há quem só coma sopa quente, e depois existem aquelas pessoas estranhas como eu que comem sopa ao pequeno-almoço.

Sim eu como sopa ao pequeno-almoço, ao almoço e ao jantar! A sopa é das refeições mais nutritivas e saudáveis que existem, porque podemos combinar 1001 alimentos diferentes e usufruir das vitaminas e minerais de todos esses alimentos, e ainda podemos usufruir de todo o poder hidratante que tem uma taça de sopa. Sim, porque o nosso consumo de água diário não tem que passar só por beber água. Consumir sopa é uma maneira muito fácil e prática de hidratarmos o nosso corpo e ainda conseguimos receber uma injecção de vitaminas e minerais.

Pequeno-almoço nutritivo

Para quem ainda não conseguiu ultrapassar a ideia de alguém consumir sopa ao pequeno-almoço, pense comigo por favor: o nosso corpo está cerca de 8 horas em repouso durante o sono. Durante o tempo em que estamos a dormir, o nosso corpo utiliza os nutrientes que ingerimos durante o dia para se restabelecer e regenerar do desgasto diário que é a vida! Quando acordamos e tomamos o pequeno-almoço que nutrientes é que costumamos fornecer ao nosso corpo, depois de o nosso organismo gastar todas as nossas reservas de vitaminas e minerais???

Ora há quem coma cereais de pequeno-almoço cheio de açúcares e vitaminas sintéticas feitas num laboratório, ou um pão com doce ou fiambre cheio de químicos e aditivos, tanto o pão como o fiambre. Há quem tome um copo de leite cheio de hormonas e antibióticos e umas bolachas cheias de ingredientes que nem conseguimos pronunciar.

“Ah e tal mas eu tomo vitaminas e minerais porque eu como fruta! Ás vezes como uma banana ou uma maçã”

E ainda há quem tenha medo que a sua alimentação não seja suficientemente nutritiva e tomam frascos de vitaminas sintéticas feitas em laboratório, que para além de não serem naturais, são caras e a maioria das vezes desnecessárias, se tivermos uma alimentação equilibrada e nutritiva.

Querem um pequeno-almoço verdadeiramente nutritivo e saudável? SOPA!!! Não conseguem? Então e se for uma sopa de raiz de aipo, que tem um sabor fresco e a mentol, com umas beterrabas docinhas com sabor a laranja?

Creme de raiz de aipo com beterraba caramelizada e molho de coentros

4 pessoas | 50 minutos  | Fácil
SEM GLÚTEN | SEM LACTOSE | SEM SOJA | SEM FRUTOS SECOS | SEM OVOS

INGREDIENTES

+ 1 raiz de aipo
+ 4 alho franceses
+ 2 maçãs pequenas
+ 2 beterrabas
+ Sumo de 3 laranjas
+ 1 colher de sopa de mel
+ 1 colher de sopa de mostarda
+ 1 molho de coentros
+ Azeite, pimenta e sal q.b

INSTRUÇÕES

1. Lavar muito bem e cortar às rodelas os alhos franceses e refogar numa panela com azeite.
2. Lavar e descascar a raiz de aipo e as maçãs. Cortar aos pedaços e adicionar aos alhos franceses. Temperar com sal, adicionar água e deixar cozinhar. Quando os legumes estiverem cozidos, triturar muito bem com a varinha mágica.
3. Lavar, descascar e cortar as beterrabas em cubos muito pequenos. Refogar numa panela com as 2 colheres de azeite durante 5 minutos. Adicionar o mel, a mostarda e o sumo das laranjas e deixar cozinhar em lume médio durante 20 a 30 minutos, até o líquido reduzir e ficar um creme espesso caramelizado.
4. Lavar e cortar os coentros. Adicionar 6 colheres de sopa de azeite e com um processador de cozinha ou com a varinha mágica, triturar até ficar um molho verde.

Receita elaborada com ingredientes da Quinta da Pedra Branca

2

Copiar é feio! O conteúdo deste site está protegido!

Este site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência de utilização. Mais informações.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close