Este artigo é dedicado a todas as pessoas diferentes e a todas as mães que amam loucamente os seus filhos diferentes, e que fazem tudo o que podem para proteger os seus filhos e para lhes proporcionarem a melhor vida possível! Agradeço desde já à minha mãe que faz tudo o que pode para me ajudar e para ajudar os meus irmãos quando as nossas doenças nos deixam limitados e a precisar de ajuda, e de ainda dizer que não tem fome só para não comer glúten na rua, porque fica com medo de me contaminar.

Ser diferente é ser especial

O Dumbo é um filme de animação americano produzido pela Disney em 1941 e foi baseado no livro “Dumbo” da escritora Helen Aberson e do ilustrador Harold Pearl. Foi o primeiro filme que o meu irmão me gravou numa cassete, tinha eu 6 anos, e lembro-me bem de o ver vezes sem conta! E lembro-me muito bem também de chorar todas as vezes que o via. Passaram-se quase 24 anos e ainda hoje choro quando vejo este filme.

A acção do filme passa-se num circo e a personagem principal do filme é o Jumbo Jr., um lindo elefante bebé que tem umas orelhas diferentes. As suas orelhas são muito grandes comparadas com os outros elefantes do mesmo tamanho e assim que os outros animais do circo se apercebem das suas orelhas diferentes, começam imediatamente a gozar com ele e a ridicularizarem-no, o que faz com que a sua mamã elefante se passe da cabeça e comece a atacar tudo e todos. Como consequência os domadores do circo decidem prender a mamã do pequeno elefante, deixando o pequeno bebé sozinho e abandonado. Ridicularizado e sozinho, Jumbo Jr. ganha o alcunha de Dumbo (estúpido em inglês), e é obrigado a trabalhar como um palhaço no circo, o que o deixa muito infeliz.
A história é mesmo muito triste como podem ter percebido até aqui, mas felizmente a vida reserva-nos sempre boas surpresas e o nosso querido elefante Dumbo ganha também um “grande” amigo, um ratinho chamado Timóteo, e com a ajuda do seu grande amigo, Dumbo descobre que tem super poderes especiais graças às suas mega orelhas. Dumbo consegue voar com as suas orelhas diferentes e especiais, e com a ajuda do seu amigo rato torna-se numa estrela de circo e começa a fazer imenso sucesso com aquilo que os outros tanto ridicularizaram!

Transformar as diferenças em oportunidade

Não sei se foi por ter sido um dos primeiros filmes que vi, se é por ter personagens em sofrimento que superam as suas dificuldades, ou se é por me incomodar tanto com a maldade dos outros para com quem é diferente, mas este filme continua a significar muito para mim. Infelizmente devido às minhas doenças e a minha maneira diferente de ser, já sofri muito com a maldade dos outros, e este filme continua a ser uma fonte de inspiração e de força para mim. Transformar as nossas diferenças em oportunidades para ser especial e ter sucesso na vida, é nisso que eu me quero inspirar e foi por isso que eu criei o Di-Frent! Sejam diferentes, sejam felizem e inspirem-se vocês também!

Espreitem aqui o trailer do filme

Vejam aqui o filme inteiro, dobrado em brasileiro

E se ainda não ficaram comovidos vejam só esta canção linda de embalar que só de estar aqui a escrever já estou com os olhos em água

1

Copiar é feio! O conteúdo deste site está protegido!

Este site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência de utilização. Mais informações.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close