Mas as migas não são assim

Se já exploraram um pouco a gastronomia portuguesa de certeza que já se depararam com 101 receitas de migas, todas elas diferentes. Desde o norte até ao sul do país, são distintas as receitas que cada região defende com sendo a verdadeira receita de migas.

Eu cresci na zona Oeste e nessa zona as migas são feitas com caldo verde, broa, feijão-frade e ovo cozido. Em Lisboa não costumo ver muitas receitas de migas, mas só no Alentejo já provei 3 tipos diferentes de migas e não tinham nada em comum com as receitas de migas da minha zona. É como a famosa batalha das açordas: o nome é o mesmo mas as receitas podem ser mais de 100 e todas diferentes!

Cada um é que sabe

Sendo que pão é algo que nunca mais vou poder trincar até ao final da vida, migas são totalmente um fantasma do passado. Nunca mais vou poder comer nem broa nem pão, por isso poderia excluir para sempre essa palavra do meu vocabulário. Mas tinha um trabalho para fazer com um fantástico molho de nabiças e não conseguia deixar de pensar nas migas com caldo verde.

Pelo bem-estar da minha saúde sou obrigada a evitar feijões e restantes leguminosas, infelizmente tenho mesmo que evitar porque o meu intestino irrita-se na companhia de leguminosas. Portanto a broa já estava riscada e os feijões também já estavam fora de questão. Restavam-me as nabiças e o ovo.

Pensei em alimentos amarelos que pudessem substituir a broa e lembrei-me das batatas. As nabiças crocantes são um prato muito frequente cá em casa, então eis que uma receita começou a ganhar forma na minha cabeça. Não queria fazer apenas ovos cozidos, queria algo mais teatral e foi então que me lembrei…

Migas crocantes de nabiças e batata com ovo escalfado

4 pessoas | 40 minutos | Fácil
COM OVOS | SEM GLÚTEN | SEM LACTOSE | SEM SOJA | SEM FRUTOS SECOS

INGREDIENTES

+ 1 molho de nabiças
4 batatas
2 dentes de alho
4 ovos
azeite, sal e pimenta q.b

INSTRUÇÕES

1. Descascar e cortar as batatas aos cubos pequenos e cozer numa panela com um pouco de sal durante 20 minutos.
2. Lavar e cortar as nabiças às tiras finas e temperar com sal. Aquecer azeite suficiente para cobrir o fundo de uma frigideira anti-aderente, e juntar os dentes de alho esmagados sem pele. Quando os alhos estiverem dourados, adicionar as nabiças e fritar até ficarem crocantes. Retirar do lume, temperar com pimenta e reservar.
3. Numa panela com água, colocar uma colher de sopa de vinagre, deixar ferver e mexer em movimentos circulares com uma colher, até fazer um remoinho. Juntar um ovo de cada vez, deixar escalfar durante 5 minutos. Repetir o processo com todos os ovos.
4. Esfarelar as batatas com as mãos até ficar em pedaços pequenos, adicionar azeite e tempere com sal. Juntar as nabiças e envolver tudo delicadamente. Empratar e juntar os ovos escalfados por cima.

Receita elaborada com ingredientes da Quinta da Pedra Branca

2

Copiar é feio! O conteúdo deste site está protegido!

Este site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência de utilização. Mais informações.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close