Saladas com vida

A maioria dos portugueses associa a palavra salada a uma taça de alface, tomate e cebola, temperados com um pouco de azeite e sal. Alguns portugueses em dias de festas acrescentam uma cenoura ralada, porque fica bonito mas dá imenso trabalho, e os mais aventureiros até conseguem acrescentar uma beterraba ralada. Hummm que delícia! Não? Claro que não!

Não gosto de ver a palavra salada associada a uma refeição tão desinteressante e sem vida, porque eu alimento-me quase exclusivamente de saladas e recuso-me a ver uma das minhas refeições preferidas com uma conotação tão negativa.
Quando me perguntam sobre o que consiste a minha alimentação diária e eu respondo sopas, saladas e proteína. E é nessa altura que as pessoas perguntam: “Só comes alface? Coitadinha!”

Salada não é só alface

Eu amo alface, como no mínimo 1 alface por dia seja no inverno ou no verão, mas por muito que eu adore este alimento não posso estar sempre a comer a mesma coisa.
Um dos alimentos mais apaixonantes que conheci nos últimos tempos foi a couve-rábano, um alimento exótico e super Di-Frent que vocês podem descobrir neste artigo.
A couve-rábano é como se fosse um patinho feio, tem um aspecto intimidante mas por dentro é super suculento e saboroso. Filho de uma couve e de um nabo, a couve-rábano consegue ser doce, amargo e picante tudo ao mesmo tempo. Um alimento cheio de sabores diferentes com uma textura crocante, perfeito para combinar com a cremosidade de um abacate, a doçura de uma cenoura e a frescura do cebolinho.

Picadinho de abacate, couve-rábano, cenoura e cebolinho

4 pessoas | 25 minutos | Fácil
SEM GLÚTEN | SEM LACTOSE | SEM SOJA |  SEM OVOS | SEM FRUTOS SECOS

INGREDIENTES

+ 2 abacates
+ 1 couve-rábano
+ folhas de couve-rábano
+ 2 cenouras
+ cebolinho q.b
+ azeite e sal q.b.

INSTRUÇÕES

1. Descascar as cenouras, cortar em cubos pequenos, cozer em água a ferver durante 5 minuto, escorrer bem e reservar.
2. Lavar e descascar a couve-rábano cortar em cubos pequenos e reservar. 
3. Lavar e cortar as folhas de couve-rábano em juliana fininha e fritar com um pouco de azeite até ficarem crocantes.
4. Misturar todos os ingredientes numa taça, adicionar o cebolinho picado, temperar com sal e azeite e servir.

Receita elaborada com ingredientes da Quinta da Pedra Branca

Copiar é feio! O conteúdo deste site está protegido!

Este site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência de utilização. Mais informações.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close