Sushi de vegetais à portuguesa

Quem é que gosta de sushi? Eu adoro sushi mas já não como à muito tempo. Antigamente era capaz de comer sushi todas as semanas mas desde que fui operada pela 2ª vez e percebi que me sentia mais saudável se não comece qualquer tipo de cereais, incluíndo o arroz, deixei de comer sushi. E mesmo com o sashimi, as tiras de peixe, existem sempre o problema da contaminação cruzada, para além de nunca termos a certeza sobre a frescura do peixe. Ai mas como eu adorava comer com os pauzinhos e aquelas algas!

De vez em quando faço sushi em casa, mas sempre com alternativas ao arroz, ou consumo temakis, os rolos de algas apenas com peixe ou faço rolinhos com vegetais e frutas como abacate, cenoura, couve-rábano, pepino…
Mas a verdade é que dá tanto trabalho fazer tudo tão direitinho para tentar evitar que o rolo se desmanche todo, que acabo por perder a vontade sempre que penso em fazer sushi em casa.

Sushi à portuguesa de vegetais sem alga

Nem todos gostamos dos sabores mais exóticos do oriente, mas temos que admitir, a ideia de enrolar alimentos dentro de uma folha nutritiva é uma ideia fantástica. E como nós somos um povo fantástico, adoptamos esta ideia à muitos anos atrás e actualmente já existem várias receitas de rolos de couves recheadas na culinária tradicional portuguesa.

No Di-Frent também já temos receitas de rolinhos de couves, e num dia de muita vontade de comer sushi, lembrei-me de um projecto muito interessante de faculdade de uma amiga, um sushi à portuguesa com couve e batata.
Não queria usar couves, queria usar algo mais diferente e mais doce e as acelgas são uma hortaliça fantástica da qual eu nunca me farto, e um toque de beterraba e alho francês combinados com um puré de batata doce apimentado fizeram-me esquecer completamente do sushi.

Rolinhos de acelgas com batata-doce, alho francês e beterraba

4 pessoas | 50 minutos | Trabalho q.b.
SEM GLÚTEN | SEM LACTOSE | SEM SOJA | SEM FRUTOS SECOS | SEM OVOS

INGREDIENTES

+ 3 batatas-doces
+ 24 folhas pequenas de acelgas
+ 2 alho-franceses
+ 1 beterraba
+ 1 cebola
+ azeite, pimenta e sal q.b

INSTRUÇÕES

1. Lavar e descascar a batatas-doces. Cozer as batatas-doces numa panela com água temperada com sal durante 12 minutos. Escorrer a batata-doce cozida e reduzir a puré com a ajuda de um garfo. Rectificar o sal, temperar com pimenta e reservar.
2. Lavar e descascar a beterraba. Cortar a beterraba em fatias de 1 cm, e cortar as fatias em tiras de 1 cm, de modo a ficar com uns palitos de beterraba. Cozer a beterraba numa panela com água temperada com sal durante 20 minutos, escorrer a beterraba, secar com um papel absorvente e reservar. Rectificar o sal, temperar com pimenta e reservar.
3. Cortar o alho francês no sentido longitudinal, em tiras longas muito finas, e lavar muito bem. Salter o alho francês com um pouco de azeite numa frigideira até o alho francês ficar tenro e dourado.
4. Lavar as folhas de acelgas e cozer numa panela com água temperada com sal durante 1 a 2 minutos, ou cozer a vapor durante até 3 minutos.
5. Empilhar 2 folhas de acelgas, colocar 2 colheres de sopa de puré de batata e calcar bem de modo a fazer um rectângulo de puré que cubra as folhas de acelgas quase na totalidade. Colocar 4 palitos de beterraba no meio do puré de batata, cobrir com um pouco de alho francês, e enrolar as acelgas. Repetir o processo com todos os rolinhos.

Receita elaborada com ingredientes da Quinta da Pedra Branca

2

Copiar é feio! O conteúdo deste site está protegido!

Este site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência de utilização. Mais informações.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close