O desafio das farinhas sem glúten

Se já acompanham o site a algum tempo, já leram com certeza em outras receitas com farinha, que eu não sou fã de utilizar embalagens de preparados de farinha sem glúten, porque não fico confortável com a quantidade de amido e de aditivos que este tipo de preparados de farinha contêm. Muitos vezes este tipo de preparados contêm farinha de soja, à qual sou intolerante, e quase sempre contêm a famosa goma xantana, da qual o meu intestino não é nada fã. Quando como goma xantana fico com a barriga super inchada e fico com muitas dores, por isso sempre que posso faço a minha própria mistura de farinhas sem glúten, de modo a controlar a quantidade de amido, proteína e aditivos que vou ingerir.

Quem já fez este tipo de misturas sem glúten em casa, sabe que por vezes é difícil acertar com as proporções correctas de farinha e aditivos para tornar as receitas o mais semelhante às receitas originais com farinha de trigo. Quem já experimentou adaptar receitas tradicionais com misturas de farinhas caseiras sabe que, por vezes os bolos ou os pães não saem bem à primeira e é preciso fazer várias tentativas até chegar à textura e à elasticidade perfeitas.

Um Natal mais fácil e tranquilo

Sempre que tenho de cozinhar para muitas pessoas sem qualquer tipo de intolerância ao glúten, esforço-me por criar receitas que a nível de textura e de elasticidade sejam o mais próximos possível dos produtos com glúten. E para conseguir obter os resultados desejados sem gastar quilos e quilos de farinhas em experiências falhadas, opto por utilizar uma embalagem de preparado de farinha sem glúten.

Se ainda não sabem aqui no Di-Frent só se utilizam produtos provenientes de agricultura biológica, por isso as farinhas sem glúten não podiam ser exceção! E de todas as marcas de preparados de farinhas sem glúten biológicas que já experimentei até agora, a minha favorita é a marca alemã Bauck Hof. E foi com um pacote do preparado para pão desta marca, sem goma xantana e sem farinha de soja, que me deliciei a criar estes sonhos super diferentes e originais de beterraba

Atrevam-se a surpreender a vossa família neste Natal com uns coloridos e deliciosos sonhos cor-de-rosa! Garanto-vos que não sabem nada a terra, são super saborosos e são super diferentes. E no meio das frituras e do açúcar, ainda podemos dizer que têm alguma nutrição, porque afinal são feitos com um vegetal super nutritivo!

Sonhos de beterraba com caramelo e açúcar de gengibre e canela

4 pessoas | 40 minutos  | Fácil
COM OVOS | SEM GLÚTEN | SEM LACTOSE | SEM SOJA | SEM FRUTOS SECOS

INGREDIENTES

+ sumo de 4 ou 5 beterrabas
2 cascas de limão
1 colher de sopa de açúcar de cana integral ou açúcar de coco
1 pau de canela
50 g de óleo do coco refinado derretido
150 g de farinha sem glúten para pão da marca Bauck Hof 
1 colher de chá de fermento para bolos em pó
4 ovos
açúcar de cana integral ou açúcar de coco, canela em pó e gengibre em pó q.b.
óleo para fritar q.b. (óleo de coco refinado, girassol ou outro)

INSTRUÇÕES

1. Descascar as beterrabas, reduzir a sumo numa centrifugadora ou triturar-as na liquidificadora com 2 copos de água. Coar muito bem o sumo e medir 400 ml.
2. Levar ao lume uma panela com 250 ml de sumo de beterraba, as 50g de óleo de coco derretido, as cascas de limão, o pau de canela e a colher de sopa de açúcar até ferver. Baixar o lume e juntar a farinha de uma vez, mexendo muito bem para incorporar bem a farinha no líquido, e obter uma massa homogénea. Continuar a cozinhar a massa em lume brando até a massa de despegar da panela. Retirar do lume e deixar arrefecer.
3. Quando a massa já estiver morna, adicionar um ovo de cada vez, batendo muito bem com a batedeira eléctrica para incorporar bem os ovos na massa.
4. Aquecer uma frigideira com óleo bem quente e fritar colheradas de massa. O óleo tem que estar suficientemente quente, de modo a que os sonhos se virem sozinhos na frigideira. Escorrer bem os sonhos num prato com papel absorvente e passar metade por uma mistura de açúcar, canela e gengibre.
5. Numa outra panela adicionar os restantes 150 ml de sumo de beterraba e juntar 5 a 6 colheres de açúcar e deixar ferver, até reduzir e caramelizar. Passar os restantes sonhos no caramelo e servir.
2

Copiar é feio! O conteúdo deste site está protegido!

Este site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência de utilização. Mais informações.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close